Portal 135

População de Bocaiuva preocupada com a questão do lixo

28/06/2018

O Portal 135 foi procurado por moradores de Bocaiuva que estão preocupados com a questão sanitária e da apresentação da cidade. Segundo os moradores, a população de Bocaiuva, Norte de Minas, paga taxa de lixo na conta de água todo mês, para que seja custeado despesas com recolhimento e transporte do lixo para Montes Claros, onde possui uma usina adequada para recebimento do lixo. Mas nessa última semana viveram dias de Caos, com lixo acumulado na rua e sem nenhuma explicação a Prefeitura resolveu se manifestar divulgando nota onde justificava que a empresa responsável pela coleta do lixo suspendeu os serviços devido a manutenção em seus veículos. Mas, representantes da própria empresa compareceram nesta Quarta-Feira (27/06) pela manhã, na Câmara Municipal de Bocaiuva e desmentiram tal informação afirmando que a própria Administração Municipal pediu a suspensão da coleta. No depoimento aos Vereadores, os representantes da empresa disseram que, ao contrário do que disse a Administração Municipal, os veículos estão em perfeitas condições e que, por tanto, não é verdade que teria partido da empresa a iniciativa de suspender os serviços de coleta e sim da Prefeitura Municipal. As declarações foram dadas diante dos Vereadores e da plateia presente em reunião extraordinária na Câmara Municipal na manhã desta Quarta-Feira onde os representantes da empresa disseram que no dia 16 de junho a empresa recebeu da Prefeitura a ordem para suspender os serviços de coleta, sendo que, no dia 22 deste mês, a direção da empresa teria sido notificada pela Administração Municipal quanto a suspensão do contrato de prestação de serviço.

Do lado da Prefeitura Municipal, também foi apresentada uma versão diferente da narrada na nota de esclarecimento. O representante do Executivo disse que a empresa não vinha prestando o serviço corretamente e por isso decidiu-se suspender os serviços e cancelar, mesmo unilateralmente, o contrato. Para muitos dos Vereadores, as declarações da Prefeitura, em contradição com a versão apresentada pela empresa, deixa claro que alguém está mentindo nesta história e compete a Câmara Municipal descobrir quem, por qual motivo e com qual intenção. As informações é de que a bancada de oposição já está mobilizada para pedir a abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para apurar o fatos. Após 10 dias sem coleta a Prefeitura reiniciou a coleta, no entanto, o Lixo, pra surpresa de todos, foi descartado em um antigo terreno desativado pela administração passada.

Fonte: Ana Maria Alves Filpi