Portal 135

Menor taxa de juros da história da taxa Selic é comemorada

07/12/2017

A taxa de juros a 7%, definida ontem pelo Copom, o menor patamar da história da Selic, foi comemorada pela Federação das Indústrias de Minas Gerais. Para o presidente da entidade, Olavo Machado Jr (foto), “a decisão precisa ser comemorada, principalmente por termos convivido, no Brasil, com um ambiente político-econômico conturbado como o dos últimos anos. Diversos indicadores têm mostrado que estamos nos recuperando da profunda crise com a qual convivemos desde 2014. No acumulado do ano, até o terceiro trimestre, o PIB expandiu 0,6%. Provavelmente, fecharemos o ano com o melhor desempenho econômico desde 2013. No mesmo sentido, teremos, neste ano, crescimento da produção física e do comércio varejista”.

 

Retomada do crescimento

Para Olavo Machado é importante refletir sobre o quão difícil foram os últimos 12 meses. “É importante, igualmente, reconhecer o enorme empenho de toda a nossa sociedade para que possamos entrar em 2018 em condições mais favoráveis para a retomada do crescimento sustentado do que quando iniciamos 2017”. O líder empresarial lembra que são muitos os obstáculos que o país tem pela frente e os riscos que a economia corre de retroagir e ressaltou a importância da aprovação da reforma da Previdência. “A manutenção do sistema atual nos coloca na rota da insolvência fiscal, provocando uma crise ainda mais aguda. Precisamos continuar lutando para voltar ao rumo da prosperidade e, sem dúvida, a aprovação desta reforma é fundamental para o país”.

Blog PCO