Portal 135

Mais de 69 mil pequenos negócios mineiros receberão a visita do Sebrae

17/02/2018

 

A expectativa é que cerca de 11 mil micro e pequenas empresas recebam atendimento gratuito no Norte de Minas

 Até o final deste ano, o Sebrae Minas irá atender 69,6 mil micro e pequenas empresas (MPE) e Microempreendedores Individuais (MEI) nos seus próprios estabelecimentos. Os atendimentos são feitos nas principais áreas comerciais das cidades. Os interessados em receber a visita do Sebrae poderão se solicitar pelo 0800 570 0800.

A iniciativa do Sebrae Minas já atendeu, no ano passado, 73.268 pequenos negócios em 663 municípios do estado.  No Norte de Minas, a expectativa é que sejam atendidos cerca de 11 mil micros e pequenos negócios. Além da região de Montes Claros, o Sebrae atende empreendedores das microrregionais de Pirapora, Januária, Serra Geral e Alto Rio Pardo.

Nas demais regiões a previsão para este ano é que sejam beneficiados cerca de 15 mil pequenos negócios na região Central do estado, 10,6 mil na Zona da Mata e Vertentes, 9,9 mil no Sul, 9,4 mil no Triângulo e Alto Paranaíba, 6,5 mil no Rio do Doce e Vale do Aço, 6,1 mil no Centro-oeste e Sudoeste, 5 mil no Jequitinhonha e Mucuri e 2,4 mil no Noroeste do estado.

As MPE e MEI receberão a visita de um representante do Sebrae Minas, que estará devidamente uniformizado e identificado com o crachá da instituição, e irá coletar dados do empreendedor e informações sobre a atuação da empresa nas áreas de finanças, mercado, pessoas, inovação e sustentabilidade. Com base nas respostas dos clientes serão identificadas as necessidades de cada estabelecimento e indicadas ferramentas e materiais complementares bem como cursos, palestras e outros serviços do Sebrae, que contribuam para a melhoria da gestão dos negócios.

As novidades deste ano é o diagnóstico complementar para dois segmentos: padaria e papelaria. Além dessas, outras nove atividades já possuem esse atendimento diferenciado:  alimentação fora do lar, açougue, varejo de moda, oficina mecânica, salão de beleza, loja de material de construção, farmácia, autopeças e minimercado.

A analista do Sebrae Minas Jacyle Souza, lembra que a cada ano, a entidade se esforça para atender com qualidade um número maior de empreendedores.” Utilizamos uma metodologia diferenciada com ferramentas e soluções práticas para que as empresas aprimorem cada vez mais sua gestão, e assim se desenvolvam e gerem emprego e renda”, ressalta a analista.