Portal 135

Grupo Banzé leva dança regional para a UFMG e Montes Claros

26/04/2018

A apresentação acontece durante a II Mostra do Sertão; o evento é gratuito e aberto ao público


Nesta sexta, dia 27 de abril, o Grupo Folclórico Banzé se apresenta no campus regional da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). A atração faz parte da programação da Mostra do Sertão, que nesta edição traz o tema “A força da mulher sertaneja”. O evento acontece de 8h a 12h, no campus da universidade. Toda programação é gratuita e aberta ao público.

A Mostra teve início na segunda, dia 21, com exposição literária de Rachel de Queiroz e Amelina Chaves. Nesta quinta, dia 26, é realizada a abertura oficial do evento a partir das 9h10. Em seguida, o “Cine Mulher Sertaneja” apresenta os documentários “Libertar, relatos de Guaribanas do Bolsa Família” e “Severinas”. Os documentários trazem relatos sobre as mudanças trazidas por benefícios sociais do governo para a rotina de famílias administradas por mulheres. Após a mostra de documentários, haverá um debate mediado pela professora do ICA e socióloga Flávia Galizoni.

O grande destaque do evento é a apresentação do Grupo Folclórico, que completa 50 anos em 2018. No mesmo dia, após a apresentação do grupo, será realizada a oficina “Mulher Sertaneja”, ministrada pela professora da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes),  Luciene Rodrigues. De acordo com a professora, “a oficina tem por objetivo discutir algumas imagens das mulheres sertanejas, sua (in)visibilidade nas obras literárias e como esta imagem vai modificando ao longo dos tempos: da sertaneja mítica para a mulher forte e lutadora diante da seca e das injustiças sociais”.

Acervo do Sertão

A Mostra tem o objetivo de divulgar o Acervo do Sertão, que faz parte da coleção da Biblioteca Universitária do ICA e é aberto ao público. Ele é composto por mais de mil títulos em 1.400 exemplares, entre filmes, objetos, discos de vinil, DVDs, todos relacionados ao sertão, em diversificadas áreas de conhecimento como botânica, literatura, zoologia, saúde, história, sociologia, artes e cultura popular.

O acervo foi inaugurado em 2010 no centro de Montes Claros e transferido para o campus regional da UFMG em 2012. O acervo está aberto para visitação pública durante todo o ano letivo.

Programação:

26/04

9h30 – Cine Mulher Sertaneja

Exibição dos documentários -  “Libertar: Relatos de Guaribanas do Bolsa Família” e “Severinas”

Debate sobre os filmes, mediado pela professora Flávia Galizoni

Local: Auditório do Bloco C

 

27/04

8h – Apresentação do Grupo Folclórico Banzé

9h – Oficina Mulher Sertaneja, ministrado pela rofessora Luciene Rodrigues

 Local: Ginásio Poliesportivo do ICA